Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \05\UTC 2010

César Cielo com o maiô tecnológico em Pequim

Depois de 25 quebras de recordes mundiais nas Olimpíadas de Pequim, os maiôs super tecnológicos, que diminuíam o atrito entre o atleta e a água, foram proibidos. Agora, todos os nadadores conquistam marcas bem inferiores àquelas.

O novo objetivo dos postulantes a recordes não é bater o tempo que eles conquistaram com os supermaiôs, e sim as melhores marcas que antigos atletas fizeram com suas sungas, digamos, arcaicas, ou maiôs sem a tecnologia que diminui o atrito. No troféu Maria Lenk, que está acontecendo no Rio de Janeiro, César Cielo conquistou o ouro na prova dos 50m livre ao fazer 21s80. O recorde mundial com supermaiô é dele mesmo: 20s91, marca conquistada em dezembro, na última prova antes da proibição dos polêmicos maiôs. A marca a ser batida, no entanto, foi conquistada em junho de 2000 por Alexander Popov: 21s64.

Porém, os novos atletas estão quase alcançando o tempo do russo. Sem sunga – ops! mas com uma espécie de bermuda colada, Cielo afirma: “mesmo não estando tão preparado, estou nadando perto dos melhores”. Mas é um francês, Frederick Bousquet, quem esteve mais perto de bater Popov: ele fez 21s71, a melhor marca dos 50m livre desde a proibição dos supermaiôs.

Caso sirva de consolo, o tempo de Cielo no Troféu Maria Lenk ao menos foi 1 décimo melhor que o recorde mundial anterior ao de Popov. O estadunidense Tom Jager fez 21s81 em março de 1990, e seu recorde perdurou até junho de 2000, quando o russo pulverizou seu tempo.

Em 2000, Alexander Popov bateu recorde de 1990 - seu tempo foi quebrado só em 2008

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Esportes_Aquaticos/0,,MUL1588010-16315,00.html

Read Full Post »

Thiago Ribeiro comemora gol no primeiro jogo das oitavas da Libertadores 2010, contra o Nacional-URU

Thiago Ribeiro comemora gol na Libertadores 2010

Bom, pra quem acha estranhos os critérios da IFFHS (Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol), agora veio mais uma: Cruzeiro como 4º melhor time do mundo.

Bom, isso não é em todos os tempos: o ranking considera jogos entre 1º de maio de 2009 e 30 de abril de 2010, ou seja, considera um ano inteiro.

Os critérios: Liga dos Campeões vale o mesmo que Libertadores, e Liga Europa (copa UEFA) vale o mesmo que a Sul-Americana. Veja:

CRITÉRIOS DA IFFHS (vitória, empate e derrota):

UEFA Liga dos Campeões: 14 – 7 – 0

UEFA Liga Europa: 12 – 6 – 0

Copa Libertadores: 14 – 7 – 0

Copa Sul-Americana: 12 – 6 – 0

CAF Liga dos Campeões: 9 – 4.5 – 0

Copa da CAF: 7 – 3.5 – 0

AFC Liga dos Campeões: 9 – 4.5 – 0

Copa da AFC: 7- 3.5 – 0

CONCACAF Liga dos Campeões: 9 – 4.5 – 0

OFC Liga dos Campeões: 5 – 2,5 – 0

Mundial da FIFA: 14 – 7 – 0

Também são contabilizados os campeonatos nacionais, sendo que o Brasileirão está no patamar mais alto de campeonatos nacionais pelo mundo. A Copa do Brasil, a partir das oitavas-de-final, também. Para estes campeonatos, são computados 4 pontos por vitória e 2 por empate.

Em todos os casos, não parece haver pontuação extra para o título.

Justo? Não sei. Mas vamos avaliar a situação dos últimos 365 dias segundo esses critérios:

O Cruzeiro foi muito bem ultimamente, chegando à final da Libertadores e se recuperando bastante no Brasileiro. Quando consideraram os campeonatos sul-americanos no mesmo patamar dos europeus, o Cruzeiro ficou atrás só de Barcelona, Estudiantes e Inter de Milão.

O que me chamou muito a atenção foi a discrepância para os outros times brasileiros, e nisso talvez não haja muito o quê discutir: fora o Cruzeiro, talvez só o São Paulo tenha chegado tão longe nas duas competições, além, é claro, do Corinthians e do Internacional, campeão e vice da Copa do Brasil (o Inter ainda foi vice do Brasileiro). Apesar disso, a distância do Cruzeiro (4º) para o segundo melhor brasileiro, o Corinthians (25º), é de 62 pontos, muito semelhante á diferença entre Cruzeiro (4º) e o líder Barcelona, que é de 59 pontos.

Ranking nivelado por baixo, veja:

1. Barcelona – 322 pontos

2. Estudiantes – 293 pontos

3. Inter de Milão – 273 pontos

4. Cruzeiro – 263 pontos

5. Werder Bremen – 262 pontos

6. Bayern de Munique – 255 pontos

7. Roma – 252 pontos

8. Chelsea – 251 pontos

9. Fulham – 240 pontos

10. Manchester United – 237 pontos

25. Corinthians – 201 pontos

29. Inter-RS – 197 pontos

37. Flamengo – 179 pontos

38. Fluminense – 178 pontos

57. São Paulo – 160 pontos

E você, o que acha dos rankings da IFFHS?

http://br.esportes.yahoo.com/colunas/cruzeiro-o-quarto-melhor-time-do-mundo-para-iffhs-esportes-426.html

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: